reforma-apartamento-planejamento
Planejamento RD Engenharia

Reforma do apartamento: saiba agora como planejar do jeito certo

Planejar a reforma de um apartamento é como a realização de um sonho. Afinal, esse será o local que você terá o prazer de voltar após um dia agitado. Quem pensa que planejar uma reforma é mais simples que uma construção, se engana. Há várias etapas para se pensar e delinear uma ideia até o resultado final.

Pensando em simplificar seu planejamento, a RD Engenharia elaborou uma matéria com os principais tópicos para você projetar sua reforma. Acompanhe.

Regulamento do prédio

Nada de começar derrubando paredes! A primeira etapa para um bom planejamento da reforma de apartamento exige que você verifique as regras do condomínio. Veja se o prédio tem normas quanto aos dias e horários de reforma, além da utilização de elevador e descarte de entulho.

Não se esqueça de pedir a planta do imóvel. A planta deve ser solicitada para construtora ou para o síndico do prédio. Com o projeto em mãos, você poderá analisar junto com os responsáveis da obra toda a estrutura e o que poderá ser feito. E, principalmente, você poderá verificar o que NÃO pode ser feito.

Dutos e paredes estruturais não podem ser modificadas para não comprometer a disposição do apartamento. Se esses dados não conter na planta, verifique as informações e as limitações de obra com o zelador ou o síndico.

Organização de ideias

reforma-apartamento-planejamento-casa

Anote todas suas ideias e reúna fotos antes de conversar com uma arquiteto

Se você teve a ideia de fazer a reforma, normalmente, você tem alguma necessidade sobre a casa. É importante que você pense bem no resultado final e, se possível, reúna fotos do que você está pensando. Ao conversar com o profissional ele poderá avaliar o que pode ser feito.

Não esqueça de colocar tudo no papel para não se perder. Coloque suas ideias, suas dúvidas, os móveis que planeja preencher o local (se tiver as medidas, melhor ainda), que tipo de material você pensa em usar, etc. Deixa tudo estruturado para que o arquiteto ou engenheiro civil planeje com você.

Contratação de profissionais

reforma-apartamento-arquiteto

Arquiteto e engenheiro civil possuem habilitação técnica para acompanhar a obra

Hora de buscar os responsáveis pelos trabalhos de reforma. E a dúvida que surge é: arquiteto ou engenheiro civil? Quem pode ser o responsável pela minha obra? Veja as diferenças.

Arquiteto. O profissional é responsável por entender o que o cliente quer de forma mais “humana”. Geralmente, o arquiteto faz os estudos para elaboração e planejamento seguindo os desejos do cliente. Qual melhor maneira de aproveitar um espaço para a sala de estar? Posso dividir uma área em dois quartos? Ele é quem vai te ajudar a pensar na utilização de espaço, além de já planejar ideias ligadas ao paisagismo e design de ambiente.

Embora o arquiteto seja muito pensado como o aspecto visual da realização da reforma, ele não está ligado apenas às preferências de gosto do cliente. O profissional ainda estuda condições de ambiente e tipos de revestimento que se adequam ao local.

Engenheiro civil. O especialista é mais voltado para a área de exatas e a necessidade de fazer cálculos para a concretização das ideias com segurança. Essa é a parte que envolve mais a estrutura em si da reforma. Cálculo e análise das dimensões de colunas, mensuração de instalações elétricas, hidráulicas e sanitárias, além de acompanhar o desenvolvimento da obra faz parte das atribuições do engenheiro. Ele garante que tudo ocorra como o especificado e dentro das normas técnicas.

Ainda assim, quem eu escolho?

O ideal é que você possa contratar os dois. Pois um trabalho complementa o outro. Se não puder, saiba que ambos possuem habilitação técnica para o acompanhamento da reforma. Em todo caso, busque saber seus serviços anteriores e a atuação técnica e profissional de quem você irá contratar.

Após definir quem será o responsável pela reforma, é hora de contratar a mão de obra para a execução dos processos. Se o responsável da obra tiver uma equipe, melhor para você. Se não, peça indicação de pessoas confiáveis que já passaram pelo processo de construção e reforma de imóvel.

Você pode gostar também:
– Qual tipo de apartamento é o melhor para você?
– A importância da localização ao comprar a casa própria

Orçamento de materiais

Essa é a hora que você mais pode economizar! Há muita disponibilidade de casas de materiais de construção, hoje em dia. Por isso, foco na pesquisa e comparação de preço. O orçamento da reforma começa com a contratação de profissionais, mas aqui o trabalho pode ser mais minucioso.

Se atente à qualidade do material que irá no seu apartamento. E, também, à quantidade! Afinal, ninguém quer passar pelo perrengue de atrasar o cronograma por falta de material. Imagine seu banheiro com a metade dos azulejos colocados quando você descobre que a quantidade é insuficiente e a loja não tem mais. Que desespero não é? Planeje a compra com a quantidade especificada pelo mestre de obras.

Verifique ainda as casas de construção que entregam no prazo correto. É preciso negociar a entrega e exigir o cumprimento. Nada de deixar para a última hora e atrapalhar o trabalho dos contratados.

Hora de começar a reforma!

Ideias no papel? Confirma. Profissionais contratados? Confirma. Materiais comprados? Confirma. Então prepare-se para começar! Com tudo planejado você vai ver que obra vai fluir em etapas e tudo que você vai precisar se preocupar é com o andamento. Atente-se a essas dicas para verificar durante a execução da reforma.

Alocamento de móveis. Se você tiver móveis para realocar é melhor se preparar bem antes. Alugue um espaço que você poderá guardar seus móveis e despache-os. Quanto mais “clean” a casa, melhor para a avaliação do responsável da obra.

Cuidado com o entulho! Em uma reforma no apartamento é necessário evitar o acúmulo de entulho em um único ponto. Tente espalhar os resíduos por diversos locais. De preferência, se livre do entulho aos poucos, colocando-o em uma garagem ou no térreo.

Além disso, busque serviços autorizados que faça a coleta. Deixar entulhos em calçadas ou terrenos vazios é passível de multa, tanto pelo condomínio quanto pela prefeitura. Providencie o descarte correto.

Instalações elétricas e hidráulicas. Se precisar de modificações na parte elétrica ou hidráulica faça-as primeiro. Como é preciso quebrar a parede para melhor visualização dessas instalações, você poderá ter um retrabalho custando material e mão de obra.

Limpeza e entrega do apartamento

faxina-apartamento-reforma

Você pode contratar uma empresa para fazer a faxina ou realizar você mesmo

Com toda a obra finalizada, é preciso pensar na limpeza. Nessa etapa você pode conversar com o empreiteiro e verificar se ele realiza esse tipo de serviço. Você também pode contratar uma empresa/pessoa para fazer. Mas se quiser curtir cada cantinho do seu apartamento novo, por que não organizar uma faxina você mesmo? Assim a qualidade fica até do jeito que você gosta.

E atenção! No início da reforma a sua chave é entregue ao empreiteiro e passa pela mão de várias pessoas. O responsável pela obra deve solicitar a troca de fechadura na sua presença. Nessa hora, ele irá fazer a checagem dos serviços com você e entregar o apartamento formalmente. Agora, é só mobiliar e curtir!

Esse conteúdo foi útil para você? A RD Engenheira quer cada vez mais te ajudar a curtir cada momento do seu imóvel. Que tal conferir essas dicas importantes para economizar no apartamento?

Post a Comment