Como economizar dinheiro no dia a dia para a entrada do imóvel?
Compra de imóveis Economia

Como economizar dinheiro no dia a dia para a entrada do imóvel?

O sonho da casa própria faz parte da vida de boa parte da população. O mercado imobiliário, por outro lado, tem facilitado a venda dos imóveis, oferecendo condições mais flexíveis de pagamento. No entanto, uma parte que parece um tanto difícil para o comprador é saber como economizar dinheiro para dar de entrada. Com tantas contas a pagar e compromissos a cumprir, será que dá para guardar dinheiro?

Neste artigo, nós, da RD Engenharia, vamos mostrar que é possível sim cortar gastos diários e poupar. Continue a leitura e descubra como! Vamos lá?

O desapego é um sacrifício necessário

Antes de partirmos para os pontos práticos para inserir no seu cotidiano, é importante destacarmos as nossas necessidades diárias, que são basicamente cinco: transporte, alimentação, vestuário, entretenimento e despesas bancárias.

Embora façam parte das despesas necessárias, é possível optar por alternativas mais baratas. Os resultados de pôr em prática essa experiência podem ser observados já no primeiro mês. Mas como começar? É o que nós mostrar nos próximos tópicos!

Como economizar dinheiro no dia a dia

Transporte

Troque a opção mais cara pela mais barata

Quem possui um veículo próprio sabe que existem as despesas fixas e as variáveis que, de uma forma ou de outra, pesam no orçamento mensal: gasolina, manutenção, seguro, IPVA, multas, estacionamento, financiamento, etc.

A alternativa é deixar o carro de lado (se possível, vender) e aderir aos transportes alternativos como bicicleta, motocicleta ou mesmo o transporte público. Embora parece um absurdo, é importante ter em mente que é um sacrifício temporário em busca do sonho da casa própria.

Alimentação

A refeição fora de casa é uma vilã do orçamento

É fato que a correria da vida moderna nos faz reféns da alimentação fora de casa. Quem tem esse hábito sabe que, embora as refeições possam ser relativamente baratas, não se comparam ao preço que você gastaria se preparasse a comida em casa.

Incluir na rotina o hábito de preparar a refeição do dia seguinte é uma forma um tanto quanto sensata de economizar. Mas, para quem infelizmente não tem tempo para isso, o jeito é pesquisar até encontrar a opção mais em conta.


Não deixe de conferir também:

Minha Casa, Minha Vida: 7 questões esclarecidas para você financiar

Imóveis à venda: o que saber na hora de avaliar a primeira compra?


Vestuário

Seja criterioso ao comprar as vestimentas

Podemos dizer que somos bastante criteriosos ao escolher a melhor opção de compra. Mas, talvez, os parâmetros precisem se adequar quanto o assunto é economizar. Isso porque roupas de marca famosa ou de lojas conhecidas costumam ter o preço muito mais elevado.

Portanto, para quem tem como prioridade juntar dinheiro para comprar um imóvel, qualquer sacrifício é necessário. Sendo assim, quando for renovar o guarda-roupas, não esqueça de seguir algumas dicas:

 

  • Não compre por impulso;
  • Não compre somente pela marca;
  • Ao conseguir desconto, pague à vista;
  • Evite usar cartão de crédito;

 

Entretenimento

Não abra mão da diversão, mas economize

Não existe coisa melhor do que sair com a família ou com os amigos para um lazer no final de semana, não é? Essas saídas podem ser uma válvula de escape para uma semana intensa de trabalho. Porém, quando se quer poupar dinheiro, é necessário ter atenção para esse tipo de gasto.

As nossas dicas, além de sempre buscar alternativas mais baratas, são:

  • Aproveite o que é de graça: passear pelos parques, bosques e praças públicas são muito mais em conta do que ir para um bar ou casas noturnas;
  • Troque a academia por exercícios em casa: quem paga academia e/ou um personal trainer, prefira conhecer e praticar atividades em casa;
  • Esqueça as assinaturas: pessoas que possuem assinatura de revistas, planos de telefone, jogos, clubes, entre outros, podem trocá-los por versões grátis.

Despesas bancárias

Tenha controle com os seus gastos bancários

Quem é um consumidor assíduo não abre mão de um cartão de crédito. E quem usa esse benefício oferecido pelos bancos, sabe que existem uma série de taxas que são cobradas em valores indevidos e proporcionais. Para quem precisa investir numa reserva financeira para dar a entrada no tão sonhado imóvel, nada melhor do que ir cortando gastos por onde for possível.

As nossas orientações a respeito das despesas bancárias são as seguintes:

  • Tenha o mínimo de cartões de crédito possível: as taxas e tarifas mensais costumam incluir valores variados no pacote. Por isso, quanto menos cartões tiver, melhor.
  • Nunca use o cheque especial: as taxas de juros são extremamente altas, principalmente quando a sua conta fica negativa, e uma semana no negativo custa bastante caro.

 

  • Pague as contas em dia: ser um consumidor fiel aos prazos de pagamento, além de evitar multas e juros, ajuda você a organizar melhor a sua vida financeira.

 

Quando chega o final do mês…

… você perceberá uma economia considerável no orçamento. É claro que, para conseguir o montante ideal para dar de entrada num imóvel novo, é necessário mais do que um mês. Por isso, é fundamental esses hábitos se tornem rotina e que você seja disciplinado, dispensando qualquer tipo gasto desnecessário.

Mas não para por aí. Ao final de cada mês, é importante investir o que você conseguiu economizar. Seja nos meios tradicionais como a poupança, tesouro direto, ações em bolsas, entre outros. À longo prazo, o seu rendimento será muito maior e terá em mãos uma quantia considerável em dinheiro para comprar o seu imóvel.

Neste artigo, você viu como economizar dinheiro no dia a dia para dar entrada no imóvel. Nós, da RD Engenharia, temos um material que pode ajudar você a fazer um planejamento financeiro. Clique no link a seguir e baixe GRATUITAMENTE o guia: Primeiro imóvel: como organizar suas finanças para conquistar o seu.

Post a Comment