Conheça os 7 maiores erros que fazem você perder dinheiro
Sem categoria

Conheça os 7 maiores erros que fazem você perder dinheiro

Para quem busca a tão sonhada estabilidade financeira ou mesmo para aqueles que querem fazer uma compra de alto valor, é preciso estar atento às finanças. Manter os olhos abertos para saber exatamente o que acontece com a sua vida financeira é essencial para não perder dinheiro e, consequentemente, deixar os planos irem por água abaixo.

Neste post, você vai descobrir os 7 principais erros que podem estar presentes no seu dia a dia causando a perda de algumas quantias em dinheiro. Fique atento à nossa lista para identificar os aspectos relacionados à sua rotina e tomar a decisão certa para corrigi-los.

Veja 7 erros que fazem você perder dinheiro

  1. Desconhecer a sua situação financeira

Esse é um erro bastante comum para quem tem dificuldade de se organizar financeiramente. Não ter conhecimento sobre a cobrança automática de pequenos valores, por exemplo, pode fazer a diferença no seu orçamento no final do mês. Logo, você vai acabar gastando mais dinheiro sem necessidade.

É sempre bom checar se as compras estão sendo cobradas da maneira devida e se o cancelamento solicitado de algum benefício realmente foi efetivado.

  1. Fazer investimentos ruins

Colocar o seu dinheiro na poupança ou em títulos de capitalização que rendem menos que a inflação são exemplos investimentos nada lucrativos. Esse erro pode fazer com que você perca muitos números na conta, por isso, o ideal é procurar uma corretora para conhecer melhor o seu perfil investidor.

Hoje em dia, muita gente está investindo as suas economias em imóveis, afinal, o mercado imobiliário está em alta. Dependendo da situação, você pode ter ótimos lucros a médio e longo prazo.

  1. Manter serviços desnecessários

TV a cabo, academia, pacotes bancários com mais benefícios do que você realmente precisa e outros serviços, somados, representam gastos significativos. Mas por que mantê-los quando você não utiliza todas as suas vantagens?

Por exemplo, caso você tenha um pacote de TV a cabo completo mas só use alguns canais, que tal adequar o plano? E se você paga academia apenas para fazer exercícios aeróbicos, por que não experimentar praticá-los ao ar livre? A ideia é ajustar os serviços que você realmente precisa à sua realidade.


Você também pode gostar de ler:

7 passos para fazer um planejamento financeiro eficiente

Imóveis à venda: o que saber na hora de avaliar a primeira compra?


  1. Não definir objetivos

Não ter um motivo para juntar dinheiro pode deixar você desestimulado e acabar fazendo com que gaste tudo com coisas desnecessárias. Logo, criar metas é uma estratégia eficiente para poupar quantias com mais tranquilidade.

Defina uma razão pela qual você está abrindo mão de confortos e prazeres. Pode ser para comprar um carro, fazer a viagem dos sonhos e até mesmo comprar o próprio apartamento. O importante é não perder de vista os fins!

  1. Ser desatento

Conferir notas fiscais, fatura do cartão de crédito e comprovantes de pagamento nunca é demais. Equívocos humanos são tão comuns quanto os erros de softwares financeiros, por isso é imprescindível ter atenção ao pagar faturas e até mesmo na hora de comprar com dinheiro em espécie.

  1. Ignorar as dívidas

Não priorizar o pagamento das dívidas ou deixá-las atrasadas pode resultar em juros altíssimos. Além disso, essa atitude faz com que você seja praticamente obrigado a entrar no cheque especial e fazer empréstimos. Daí, as possibilidades de pegar linhas de créditos caras só aumenta.

Experimente analisar os seus erros financeiros individualmente para então ponderar sobre a melhor maneira de consertá-los.

  1. Falta de programação para despesas periódicas

Existem alguns gastos que são necessários todos os anos, como o pagamento do IPVA para quem tem carro e do IPTU para quem tem casa própria. O ideal é não tratá-los como imprevistos e sim se planejar para os custos.

Uma dica é dividir o valor total dessas despesas por 12 e poupar mensalmente com o objetivo de pagá-los à vista. Assim, é possível conseguir melhores condições e fugir da irregularidade.

Gostou do conteúdo? Como você viu, alguns hábitos simples do seu dia a dia podem ser extremamente prejudiciais para a vida financeira, principalmente para quem tem planos de adquirir um bem de alto valor.

Se esse é o seu caso, nós temos uma boa notícia. Preparamos um guia exclusivo sobre o primeiro imóvel e como a organização da suas finanças pode ajudá-lo a conquistar o seu.

Neste material, nós destacamos:

– Qual o momento ideal para investir em um imóvel;

– Como garantir uma renda extra;

– Por que o planejamento financeiro é importante;

– As características de um bom imóvel.

Para acessar o conteúdo completo é só clicar na imagem abaixo.

 

Post a Comment