Compra de imóvel

A importância da localização ao comprar a casa própria

Os interessados em adquirir um novo imóvel precisam se cercar de informações para não errar na escolha e evitar decepções. Depois da fase de economias para juntar dinheiro e acumular uma boa quantia para utilizar como entrada, por exemplo, o desafio de avaliar pontos estratégicos que vão conseguir apresentar a você o máximo de referências possível sobre o investimento é a sua prioridade. Um dos aspectos que mais facilitam o processo de negociação é a localização, isso porque reunir o maior número de detalhes acerca do local em que você pretende morar representa não somente uma preocupação com o seu imóvel, como também um cuidado pela segurança e bem estar da sua família.

Para você se livrar de qualquer problema em relação ao assunto, separamos dicas simples para que a melhor casa, onde quer que esteja, seja sua!

A localização é a solução para muitos problemas!

O trajeto para a escola e o trabalho

Morar longe de tudo é bastante complicado, quando se tem uma rotina corrida, e aí podemos incluir filhos, trabalho e lazer. A dica é: traçar as melhores rotas para entender como o lugar afeta o seu cotidiano. Antes de assinar qualquer documento, tente calcular uma média de tempo entre os pontos que você frequenta todos os dias. Ferramentas como o Google Maps e o Waze são uma mão na roda. Não esqueça também de verificar as vias de acesso até a escola das crianças, afinal, você não vai querer que elas se atrasem, ?

Perto do que importa

A responsabilidade em definir o que é ou não uma boa localização parte do princípio de que o seu apartamento precisa ficar numa região abastada de estabelecimentos comerciais de vários segmentos como supermercados, academias e restaurantes. Portanto, pesquise na internet quão distante eles ficam e se há a possibilidade de você deixar o carro na garagem para comprar o pão a pé. Com a correria do cotidiano, desperdiçar tempo e dinheiro (com o combustível!) não está com nada.

Serviços básicos são essenciais

Ficar de olhos abertos para a existência de uma adequada infraestrutura do bairro é um dos pré-requisitos para aqueles que desejam evitar transtornos futuramente quanto à localização, já que essas condições estão ligadas proporcionalmente ao seu conforto, saúde e qualidade de vida. Preste atenção se as ruas estão conservadas, se o asfalto não possui muitas falhas, se os esgotos possuem capacidade para drenar a água da chuva, etc. À noite, analise ainda se a iluminação pública atende às redondezas (e aí é importante que cubra, pelo menos, o quarteirão de uma forma eficiente). Tem carro? Então precaução com os alçamentos e quebra-molas nas pistas. Postos de saúde e clínicas médicas são também um bom sinal.

Tranquilidade é lei

Imagine a situação: dia cheio no trabalho, problemas não resolvidos, trânsito pesado, chegada em casa, banho bem tomado e sono para repor as energias. Até aí tudo normal, não é? Se não fosse pelo barzinho ao lado com um som super alto a madrugada inteira! Não dá nem para pensar no estresse que seria viver em uma localização assim, concorda? Avalie se ao lado do condomínio há lojas demais porque isso pode representar noites mal dormidas. Uma orientação que pode ajudar é tentar escutar ruídos externos na sala, varanda e quartos. Avenidas principais costumam quebrar um grande galho, mas em compensação atraem demasiado barulho por conta do fluxo constante de veículos. Converse com a vizinhança e note se ela tem alguma reclamação a fazer.

Custo de vida da região

Optar por moradias em áreas nobres pode até proporcionar mais facilidades no dia a dia, mas como nenhum almoço é grátis, os custos vêm embutidos. Os serviços e produtos disponibilizados em uma localização desse tipo costumam ser altos em comparação com zonas afastadas. Claro, não queremos afirmar que você precisar se mudar para o fim do mundo, mas avalie a questão. Diversos empreendimentos já focam em bairros com perspectivas de crescimento menores com o objetivo de frear a subida dos preços e garantir que você não fique sem morar em lugar nenhum. Regiões nas mediações do centro da cidade e outras próximas a grandes shoppings são as mais salgadas. Uma alternativa é escolher os bairros intermediários (os que não ficam tão longe nem tão perto de tudo). Elabore um planejamento financeiro para descobrir se dá para se manter ali pelo tempo que precisar.

Segurança

Em último lugar, mas não menos importante está a segurança. Não precisamos reforçar que a sua família é o seu bem mais precioso, ? Portanto, além de confirmar o uso de cercas elétricas e a presença de guaritas 24h no condomínio, escolha uma localização que reúna um atendimento policial constante com viaturas e delegacias nas proximidades. O aumento da criminalidade que afeta o país pode atingir qualquer um, então nada de deixar brechas. Pesquise se a área escolhida possui índices desagradáveis e tire um tempo para dialogar com os vizinhos com a finalidade de agregar opiniões diferentes.

Gostou do nosso conteúdo? Então não deixe de acessar a nossa matéria sobre o que mais você precisa levar em conta para comprar o imóvel ideal.

Post a Comment